Entendendo um pouco mais sobre Amniocentese.

 

O que é amniocentese?

É um exame realizado na gravidez que consiste na coleta de uma amostra do líquido amniótico que é retirada do interior do útero materno. Este líquido contém células do feto e substâncias liberadas durante seu desenvolvimento.
É um exame que pode ajudar a detectar algumas alterações fetais, tais como alterações genéticas.

Como é realizado?
Através da ultrassonografia determina-se a posição do feto e um bolsão de líquido amniótico livre de partes do feto, cordão ou placenta, onde o médico introduz uma agulha através do abdome da paciente. Uma pequena quantidade (em torno de 20 ml) de líquido amniótico é aspirado para ser analisado, e em seguida, é retirada a agulha. O médico usa o ultrassom para monitorar o exame e antes do procedimento aplica anestesia local para evitar que a mãe sinta dor durante o procedimento.

É um procedimento seguro?
Apesar de se tratar de um procedimento invasivo, ele é seguro quando realizado sob condições assépticas, com profissionais experiente e habilitados em Medicina Fetal, a fim de reduzir a níveis mínimos as raras possibilidades de abortamento ou infecção.

Quem deve realizar?
O exame na maioria das vezes será indicado nas seguintes situações:
idade materna >35 anos (facultativo ao desejo materno).
teste de rastreio genético alterado: sangúineo (NIPT), bioquímico ou morfológico de primeiro trimestre (translucência nucal)
alterações morfológicas detectadas na ultrassonografia
gestações anteriores com anomalias genéticas ou malformações detectadas
pais consanguíneos ou história familiar de doenças genéticas
teste de paternidade
suspeita de anemia fetal
restrição de crescimento fetal grave
suspeita de infecções fetais
pesquisa de maturidade fetal

Quando deve ser realizado?
A partir de 15 semanas de gestação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *